quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Prefeito Dindin entrega pacote com mais de 20 obras até o final do ano

“Estamos lutando para melhorar a vida do povo de Feijó. Essas obras mostram isso”, informa o prefeito.
 


         A assessoria do prefeito está montando um cronograma de inaugurações para entregar as obras nesses quatro meses que restam do ano 2011. O prefeito terá que fazer uma inauguração a cada sete dias.

         São duas escolas modelo na BR-364; quadra de grama sintética no Parque Buritizal; dois barcos para transporte da produção; um caminhão para escoamento agrícola; ramais; implantação de dois postos de saúde, um no bairro Zenaide Paiva e outro no Geni Nunes; pavimentação de três ruas também no Zenaide Paiva; melhoria nas estruturas de farmácia; oitocentos lotes para pessoas de baixa renda e galpão para armazenamento da produção.

         Além disso, o prefeito deve empossar quatorze novos agentes de saúde até final do ano. Eles fizeram concurso do município no último domingo.

        “Estamos lutando para melhorar a vida do povo de Feijó. Essas obras mostram isso”, informa o prefeito.

         No pacote de obras, o bairro Zenaide Paiva será o grande beneficiado. “É o bairro que ainda não tinha recebido nenhum. Por isso, tivemos uma atenção especial com a ações da Prefeitura, mas todas Feijó está sendo beneficiada”, conclui Dindin.

Fonte:www.contilnet.com.br

domingo, 28 de agosto de 2011

29 de Agosto - Dia Nacional de Combate ao Fumo

O tabagismo é uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo. Estima-se que no país ocorram 200 mil falecimentos por ano, em consequência do cigarro.


Os males causados pelo hábito de fumar incluem câncer de pulmão, doença coronariana, doença pulmonar obstrutiva crônica, e doença cérebro-vascular. Outras doenças que também estão relacionadas ao uso do cigarro são aneurisma arterial, trombose vascular, úlcera do aparelho digestivo, infecções respiratórias e impotência sexual no homem.

Mesmo assim, o consumo tem se mantido estável. Isto porque o cigarro causa dependência química, o que torna difícil para o fumante abandonar o hábito. No cigarro, assim como em todos os outros derivados do tabaco, a nicotina faz o papel de vilã.


Esta droga é uma substância psicoativa, ou seja, produz sensação de prazer, o que pode induzir o abuso e a dependência. Com o tempo, o fumante necessita de cada vez mais doses da substância para proporcionar aquela sensação inicial de prazer.
O aumento no consumo agrava a dependência, o que aumenta as possibilidades de se contrair doenças debilitantes, que podem levar à invalidez e à morte.

Mas parar de fumar não é impossível. Confira aqui as dicas do Ministério da Saúde para se livrar deste vício e levar uma vida muito mais saudável!

Parada Imediata
Você marca uma data e nesse dia não fumará mais nenhum cigarro. Esta deve ser sempre sua primeira opção.

Parada Gradual
Você pode utilizar este método de duas formas:
Reduzindo o número de cigarros
Por exemplo: Um fumante de 30 cigarros por dia, no primeiro dia fuma os 30 cigarros usuais.
no segundo - 25
no terceiro - 20
no quarto - 15
no quinto - 10
no sexto - 5
O sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros.

Retardando a hora do primeiro cigarro
Por exemplo:
no primeiro dia você começa a fumar às 9 horas
no segundo às 11 horas
no terceiro às 13 horas
no quarto às 15 horas
no quinto às 17 horas
no sexto às 19 horas
no sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarro
A estratégia gradual não deve gastar mais de duas semanas para ser colocada em prática, pois pode se tornar uma forma de adiar, e não de parar de fumar. O mais importante é marcar uma data-alvo para que seja seu primeiro dia de ex-fumante.

Lembre-se também que fumar cigarros de baixos teores não é uma boa alternativa.

Todos os tipos de derivados do tabaco (cigarros, charutos, cachimbos, cigarros de Bali, etc) fazem mal à saúde.

Caso não consiga parar de fumar sozinho, procure orientação médica. Cuidado com os métodos milagrosos para deixar de fumar.


Com o objetivo de conscientizar a população sobre o assunto e diminuir os riscos desses tipos de doenças, o governo aprovou, em 1986, a Lei Federal nº 7488, que estabeleceu o dia 29 de agosto como Dia Nacional de Combate ao Fumo, criando assim, o compromisso de elaborar campanhas de combate ao tabagismo.
Essa iniciativa também é praticada em todo mundo no dia 31 de Maio, conhecido como Dia Mundial sem o Tabaco, que movimenta todos países na luta contra o vício.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, no Brasil, cerca de 30% da população adulta é fumante. Além disso, estima-se que ocorram, a cada ano, 125.000 mortes no país por doenças associadas ao fumo.


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Onça ataca base da Funai na fronteira com o Peru, mata cachorro e é morta

           Homens da Força Nacional de Segurança (FNS) e da Funai (Fundação Nacional do Índio) mataram na noite desta terça-feira (24) uma onça que atacou e matou uma cadela da base da Frente de Proteção Etnoambiental, na fronteira Brasil-Peru, habitada por quatro etnias que vivem em isolamento.
- A coisa aqui está braba e ainda acham que nós, que trabalhamos na mata, devemos andar desarmados. Mais essa agora. Que a mãe natureza nos perdoe e o Ibama não nos processe - pondera o sertanista José Carlos dos Reis Meirelles.

                              A onça matou a cadela na escada da porta da casa da base da Funai.



- Além dos traficantes, ainda tem desses bichinhos. Alguém em sã consciência quer morar aqui sem nenhuma arma? Ou devemos telefonar pro Ibama quando ela entrar em casa? Ou ligar pra Funai? - indaga o sertanista.



Fotos: José Carlos dos Reis Meirelles/Divulgação


Fonte: http://altino.blogspot.com/

Tremor de terra atinge a capital e vários municípios do Acre


“As casas balançavam! Nunca vi uma coisa assim”, disse a professora Maristela Pinheiro.
 ContilNet
 
 
Funcionários do Fórum Barão do Rio Branco ainda assustados com o tremor de terra/Foto: Luciano Tavares

Um tremor de terra sentido em vários municípios do Acre deixou milhares de pessoas desesperadas em todo o estado. No centro de Rio Branco, centenas de funcionários públicos e lojistas saíram correndo de seus locais de trabalho.

“Senti a cadeira tremer no meu trabalho”, diz o servidor público José da Costa. A mesma coisa foi dita pelo radialista Davi Rodrigues, que trabalha na Ocidental FM, no município de Porto Walter.



A empresária Dedê Maia estava chegando na recepção do Hotel Swame, em Cruzeiro do Sul, quando o prédio de sete andares começou a balançar. “Fiquei desesperada. Todo mundo saiu correndo enquanto tudo tremia”, conta.

Ela diz que quando chegou no meio da rua viu as casas e os prédios balançando. “Em uma hora dessa a gente não sabe nem o que fazer: se corre ou fica parada”, diz emocionada.
                           “Senti a cadeira tremer no meu trabalho”, diz o servidor público José da Costa

                             Dedê Maia: "Todo mundo saiu correndo enquanto tudo tremia”
 

A Agência ContilNet recebeu telefonema da professora Maristela Pinheiro, moradora de Santa Rosa do Purus. Muito assustada, ela conta que viu todas as casas à sua frente sendo sacudidas pelo tremor.

“As casas balançavam! Nunca vi uma coisa assim. Todos ficaram com muito medo”, disse a professora.


Tremor de terra sentido no Acre foi de 6,8 graus na escala Richter, diz físico

O terremoto de 6,8 graus na escala Richter sentido no Acre teve seu epicentro em Pucalpa, capital de Ucayale, no Peru, a 210 quilômetros do Acre. Foi o que confirmou o doutor em física, Alejandro Toledo.

O abalo foi a 14O km de profundidade as 13: 46 horário do Acre e 12:46, horário de Pucallpa. O terremoto foi sentido em Lima, capital do Peru. Não há informações de danos materiais em Pucalpa, e nem vitimas.

O doutor Alejandro Fonseca não descarta a possibilidade novos abalos, o que é comum na ocorrência de um tremor dessa magnitude.


Tremor também foi sentido em Sena Madureira




O correspondente da Agência ContilNet em Sena Madureira, Edinaldo Gomes, disse que o tremor também foi sentido pelos moradores do município. “Em algumas residências de alvenaria rachaduras estão sendo verificadas, mas não são consideradas de grandes proporções. O abalo sísmico deixou muitos moradores apreensivos, no entanto, não há registro de nenhum ferido”, informa.


Paredes de prédios em Sena ficaram rachadas após o terremoto/Foto: Edinaldo Gomes/Agência ContilNet

Bombeiros salvam vida de criança de dois meses com 75% do corpo queimado


            Os Policiais Militares do Corpo de Bombeiros do Acre salvaram a vida de Kauane Oliveira da Silva, de apenas dois meses, que foi encontrada em meio aos escombros durante incêndio registrado as 16h03 no bairro Airton Sena, em Rio Branco. Ao chegar ao local, os bombeiros da Guarnição de Salvamento constaram que com a ajuda de moradores, as chamas da casa não estavam altas. Os populares, porém, não haviam identificado à presença de uma criança que agonizava já com 75% do corpo queimado.

          - Quando os populares tiraram o colchão do quarto em incêndio, não viram a criança, sendo que a mesma caiu no chão – disse o SD BM Eduardo.

          Ao ser resgatada pelos Bombeiros foi constatado que a criança estava com 75% do corpo queimado, variando entre queimaduras do 1º ao 3º grau. Ainda segundo informações apuradas pelo ac24horas, a criança emitia gemidos de agonia.
Os Bombeiros acionaram pela segunda vez o Serviço Movel de Atendimento de Urgência (SAMU) que ainda não havia chegado ao local. Segundo o SD BM Eduardo, a viatura é a única que tem estrutura e materiais especializados para o tipo de salvamento solicitado. Os Bombeiros informaram que a viatura não foi ao local do sinistro.
           - Diante da gravidade não houve outra alternativa a não ser levar a criança para o Pronto Socorro de Rio Branco. A coloquei nos braços e levamos na Viatura de Salvamento (ABTS) do 1º BEPCIF, - declarou ST BM Mário.
          A equipe de salvamento conta que durante o trajeto eles voltaram a solicitar a presença de uma viatura do SAMU. O atendimento só foi possível via rádio (HT). Ao ser entregue aos cuidados da equipe do HUERB muitos funcionários e usuários estavam emocionados e chorando em vista da gravidade das lesões. A criança foi entregue com vida para a equipe médica.
Os responsáveis pela criança

          ac24horas apurou que o pai da criança encontra-se preso na Unidade de Recuperação Social Francisco de Oliveira Conde e que a mãe, de nome Verônica Oliveira da Silva, tinha saído para comprar leite. Ainda segundo informações repassadas pelos soldados que participaram da operação, a tragédia não foi maior por que outra criança, supostamente irmã da vitima, conseguiu sair de casa. O nome da segunda criança não foi identificado.
As causas do incêndio

           Em relação à causa do incêndio, o Comandante de Operação de Socorro, ST BM Mario, relatou que em princípio teria sido causada por curto circuito gerado na fiação elétrica, em um ventilador e pelo contato direto destes com os punhos de uma rede.
Equipes de Salvamento

         Os componentes da Guarnição 1º socorro (Incêndio), que conduziu a mãe ao PS, eram: ST BM Jorgean, 2º SGT BM Claudio Roberto e Soldados BMs Jairo, L. Miranda, Marcelo Gomes e João. Já na Guarnição de Salvamento, que conduziu a criança de 2 (dois) meses, estavam o ST BM Mário, 2º SGT BM Jesus e os Soldados BMs Eduardo e Carvalhosa (Motorista da Viatura).
          ac24horas falou com a atendente do SAMU que se identificou como Silvia. Ela confirmou o envio de uma viatura ao local. Segundo Silvia, quando a viatura chegou o resgate já havia sido efetuado.


A criança Kauane Oliveira da Silva, de apenas dois meses que foi salva pelos Bombeiros de um incêndio no final da tarde de ontem, no bairro Airton Sena, não resistiu o grau das queimaduras e foi a óbito, na madrugada de hoje.


Fonte:www.ac24horas.com

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Ciúmes, pacto com satanás, morte, fuga e prisão


Crime macabro


          A Polícia Civil do município de Epitaciolândia, distante de Rio Branco, cerca de 240 km, fronteira com a Bolívia elucidou neste fim de semana um dos crimes mais macabro registrado na historia policial daquela cidade.
          Um crime recheado de tramas, ciúmes, pacto com satanás, ritual de magia negra que culminou com o assassinado de uma jovem de 20 anos.

Desaparecimento


          O drama de uma família teve início no dia 30 de julho, quando a jovem Cristiane Maria Prudente, 20 anos, mãe de uma criança de 4 anos desapareceu de casa misteriosamente.
Imediatamente a família da jovem procurou a Polícia para registrar o desaparecimento e apontar um suspeito. Luiz Carlos Ferreira, 45 anos, passou a ser o principal suspeito do desaparecimento de Cristiane.
          De acordo com informações durante um curto período Luiz Carlos namorou com a jovem, mas, nos primeiros dias de namoro demonstrou ser extremamente ciumento, o que fez com que Cristiane terminasse o relacionamento.
          A partir dessa decisão a jovem passou a ser perseguida pelo homem 15 anos, mais velho que ela, ao ponto de ser visto rondado a Escola onde a jovem estudava e tentando impedir qualquer contato da moça com outras pessoas.
Luiz Carlos apela para uma reconciliação convidando Cristiane para ir morar em Cruzeiro do Sul


          A decisão de por fim ao relacionamento conturbado com Luiz Carlos, para a jovem seria a solução de seus problemas, mas Cristiane não sabia, mas tinha assinado sua sentença de morte.
Como última tentativa de reatar o relacionamento Luiz Carlos procurou a ex namorada e fez a proposta de morarem no município de Cruzeiro do Sul, Vale do Juruá, mas a proposta de Luiz Carlos não foi aceita pela mulher amada.

Apaixonado Luiz Carlos procura ajuda de Satanás para reatar relacionamento


          Inconformado com a rejeição da ex namorada Luiz Carlos procura ajuda de Jonathan Wendel Ribeiro Rodrigues 18 anos, “o ferrugem”, que se auto- intitulava “secretário” de Satanás.
Através de supostos rituais satânicos “Ferrugem” garantiu a Luiz Carlos que sua ex namorada voltaria para os seus braços.
          Os rituais de feitiçaria praticados por Jonathan Wendel, não passava de chalatarismo e que não surtiu nenhum efeito na decisão de Cristiane.
          Sem conseguir “acertar” o ritual que fizesse Cristiane se apaixonar por Luiz Carlos, o orientador espiritual “Ferrugem” alegou que os anjos da guarda da jovem estaria atrapalhando os espíritos e propôs por fim a vida de Cristiane.
          Com morte da jovem Luiz Carlos não sofreria mais, pois teria a certeza de que ela não seria de outro homem.
        Planos para executar Cristiane falhas várias vezes

Durante 15 dias Luiz Carlos e “Ferrugem” planejaram a morte de Cristiane e por duas vezes o trama deu errado.
          Segundo depoimento de “Ferrugem” a primeira tentativa foi um convite para Cristiane ir em companhia de Luiz Carlos até Cobija, com alegação de que do lado boliviano ele daria uma certa quantia em dinheiro para a jovem pagar a conta de luz.
          Como não suspeitava do plano macabro de mata-la, aceitou o convite, mas levou consigo o filho de 4 anos.
          A presença da criança acabou com os planos de Luiz Carlos e Jonatan de executar a jovem, pois seriam obrigados a matar a criança também, e por isso desistiram da execução.
A mente doentia dos comparsas montou uma nova trama de morte para Cristiane. Dessa vez o local escolhido foi à zona rural. Cristiane foi convidada a participar de um forró na BR 317 sentido Rio Branco, na zona rural.
          No local ela seria assassinada. E novamente o plano dos criminosos foi adiado, por que Cristiane aceitou o convite, mas foi acompanhada de uma amiga.
Novo plano e finalmente a execução macabra

          Segundo consta no depoimento de Jonatam Wendel, “o Ferrugem” ele e Luiz Carlos tiveram uma idéia perfeita atrair Cristiane para o lixão da cidade.
          Sem saber que estava sendo convidada para a morte Cristiane aceitou os argumentos dos ex namorado e acompanhou Luiz Carlos e Jonathan até o lixão.
Cristiane é morta a tiros e tem corpo queimado em “micro ondas”


          Chegando ao local escolhido pela dupla, Luiz Carlos sacou de um revólver e efetuou três tiros na jovem. Segundo relatos do acusado “Ferrugem” o primeiro tiro atingiu o peito da vítima que caiu no chão, em seguida Luiz Carlos atirou outra vez e o tiro acertou o pescoço da jovem e finalmente o tiro de misericórdia atingiu o olho esquerdo da vítima.
          Não satisfeito com a crueldade com que matou a mulher que ele dizia amar, Luiz Carlos com ajuda do comparsa “Ferrugem” enrolou o corpo de Cristiane em um lençol em seguida colocou gasolina na boca da vítima e ateou fogo.
Comparsa recebe motocicleta velha e R$ 3 mil como pagamento de crime

         Segundo informações Jonathan Wendel confessou ao delegado Sérgio Lopes, encarregado de apurar o crime, que teria recebido a importância de R$ 3 mil em dinheiro e uma motocicleta usada de Luiz Carlos como pagamento na ajuda do crime.
          Em seguida Luiz Carlos viajou para Cruzeiro do Sul certo de que teria cometido o crime perfeito.
Investigação e elucidação de um crime macabro

          Após o registro de desaparecimento de Cristiane, o delegado Sérgio Lopes montou equipe de investigadores saiu coletando a maior quantidade possivel de informações de familiares e amigos da jovem desaparecida.
          Até chegar a uma testemunha que forneceu uma pista a Polícia sobre a possibilidade de Jonathan Wendel estar envolvido no desaparecimento, pois teria sido visto várias vezes em companhia de Luiz Carlos, que já não estava mais morando em Epitaciolândia.
          O delegado Sérgio Lopes determinou a condução de “Ferrugem” a delegacia, onde seria ouvido e supostamente pudesse a exemplo de outras pessoas, repassar alguma informação útil a Polícia.
          Mas, “Ferrugem” foi além de fragmentos de informações, ele confessou um crime macabro em que ele teria participação ativa. E a confissão de “Ferrugem” não parou somente na revelação de que Cristiane estaria morta, ele confessou participação, levou a Polícia ao local onde o corpo foi abandonado e indicou o local exato onde a arma do crime foi jogada.
         Com ajuda da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros de Epitaciolândia, o delegado Sérgio Lopes encontra os restos mortais da vítima e localiza o revólver no fundo do rio Acre.
         Com a confissão de “Ferrugem” o delegado pede a prisão preventiva de Luiz Carlos que é preso no município de Cruzeiro do Sul, distante mais de 800 km do local do crime.
Objetos de magia negra são apreendidos em poder de acusado

          Após a confissão de “ferrugem” a Polícia Civil encontrou objetos de magia negra que são provas para o processo que estariam em poder do acusado.
         Na casa de “Ferrugem” a Polícia Civil apreendeu um livro de São Cipriano com páginas manchadas de sangue, imagem do Anjo Gabriel, uma capa preta, objetos que confirmam o depoimento do acusado de que antes do crime, ele e Luiz Carlos teriam invocado Satanás em rituais satânicos para fazer Cristiane volta para o ex namorado.










Fonte:http://www.ecosdanoticia.com.br

Produtores sofrem com ameaças de morte na BR 364



           Os produtores rurais do Projeto Terra Legal, localizados no km 43 da BR 364, na Gleba Afluente, sentido Manoel Urbano/Feijó, têm sido perseguidos por capangas e policiais militares da região e ainda enfrentam a lentidão das investigações feitas pela Policia Civil e a Policia Federal. A denúncia foi feita pelos senhores Pedro Lima e Antônio Gaúcho, ambos foram ameaçados de morte pelo gerente da Fazenda São Paulo, identificado como Adriano.
          Segundo os depoimentos prestados à Policia Civil e à Policia Federal, suas casas foram queimadas e as plantações de coco, mamão e macaxeira, devastadas com a ajuda de um trator de pneus. Mais 12 famílias empossadas pelo INCRA vivem o mesmo drama e com medo de morrer, tiveram que sair as pressas das terras.
          - O antigo delegado esteve no local e constatou os fatos. Eles viram os rastos dos pneus do trator e também registraram as casas que foram queimadas com tudo dentro – conta o senhor Pedro Lima.
Ainda segundo o produtor, o gerente da fazenda mantém peões fortementes armados que fazem escoltas com motos durante todo o dia. O mais agravante é que o gerente da Fazenda, conta com o apoio de Policiais Militares que fora de seus plantões, ameaçam prisões a quem insistir em se manter nas terras.
          - Nós temos os cartões de cadastramento dado pelo INCRA, não somos invasores, queremos trabalhar com a agricultura familiar. Muito me estranha à atitude de policiais militares possivelmente contratados para defender os donos da fazenda! – exclama Lima. O produtor mora há 54 anos em Manoel Urbano, é casado, tem 10 filhos e netos.
           O caso já foi registrado na Corregedoria da Policia Militar do Acre. O senhor Antônio Gaúcho, veio a Rio Branco procurar ajuda. Segundo Gaúcho, o dono da fazenda mora em Recife e já garantiu enviar jagunços armados para resolver à parada.
           - Esse Adriano quase me atropelou com sua moto. Colocou o pneu em minha perna e disse que ia me rolar de bala. Ele anda armado aterrorizando a gente, tem proteção da Policia Militar que foi ao e prometeu nos prender se caso não parássemos de trabalhar. O dono da Fazenda mandou um recado e disse que se os seus homens daqui não resolverem o problema, ele vai enviar reforço do Recife – acrescentou Gaúcho.
          Gaúcho conta que nem mesmo a presença da Policia Federal que segundo o produtor, esteve no local, intimidou a ação do gerente da fazenda. Dona Rosilene da Silva, outra posseira, conta que Adriano toda vez que a ver, na zona urbana, cospe em sua cara. Depois de ouvir tiros disparados por Adriano, ela e o marido voltaram para a cidade.
           - Meu marido trabalham em Santa Rosa do Purus para a gente tentar sobreviver. Não sei por que somente esse Adriano tem direito de tocar fogo nas casas se a gente não pode tocar fogo em um lixo em frente da Casa? – questiona da dona de casa.
           O caso foi registrado na Policia Civil. O ac24horas esteve em Manoel Urbano e conversou com o novo delegado que apura os fatos. Antônio Carlos confirmou que existem vários procedimentos que veem sendo adotados nas apurações dos fatos. O investigador afirmou que a grilagem é o calcanhar de aquiles do município.
          - Os casos mais complexos de investigações em Manoel Urbano estão ligados a grilagem de terras da união. A juíza vem dando ganho de causa para quem comprova com documentos que é posseiro do INCRA. Este caso específico tem minha atenção e será encaminhado para o Ministério Público – garantiu o delegado.
          Com medo de morrer, os produtores querem a presença da Comissão dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa. Como são a maioria acima de 65 anos, eles apelam para o Conselho do Idoso de Rio Branco para ajudarem a mover processos contra o gerente da fazenda São Paulo.
           - Esse senhor Adriano não respeita a nossa idade. Vive ameaçando de morte e agindo de forma truculenta contra quem já deu de tudo pra vencer na vida. Queremos trabalhar e queremos justiça – concluiu Gaúcho.


Fonte:http://www.ac24horas.com/

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Homens da Força Nacional farão segurança no alto rio ENVIRA



       Por determinação do Ministério da Justiça um grupo de homens da força nacional permanecerá na reserva etnoambiental por pelo menos 2 meses, com o objetivo de manter a segurança na região ja que as autoridades acreanas alegam ter dificuldade de monitorar e garantir a segurança no local onde foi preso, na semana passada, o narcotraficante português Joaquim António Custódio Fadista. Não foi informado a quantidade de homens irá compor a tropa. Segundo informações do Jornal do Brasil, a acupação será feita nessa sexta-feira dia (19).

Veja o video da reserva :
video

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

"NÃO DÁ MAIS PRA ESPERAR CALADO"

Sertanista critica operações da PF e Força Nacional de Segurança na fronteira Brasil-Peru


POR JOSÉ CARLOS DOS REIS MEIRELLES
Direto da Frente de Proteção Etnoambiental Xinane, na fronteira Brasil-Peru

Senhores,

Em toda a minha vida profissional de 40 anos de trabalho com os índios, isolados ou não, sempre soube a hora de calar, de respeitar hierarquia.

Soube também protestar a meu modo, quando necessário, a meu modo, jeito e responsabilidade. Pois agora é a hora de gritar, e alto! Embora isso signifique, como já aconteceu quando fui demitido da Funai, na criação da SBI que protestava contra o regime militar da época, a favor dos índios.

Lá vou eu, depois de velho, de novo.

A Frente Etnoambiental do Rio Envira, no Acre, como todos sabem, foi tomada por uma força paramilitar estrangeira, composta de traficantes e provavelmente acompanhados de índios recém contatados do Peru.

A Polícia Federal veio à nossa base, pensava eu, de acordo com plano que junto com ela fizemos em Rio Branco, de duas equipes, uma acima da base e outra abaixo, pousadas de helicóptero a distancia não audível dos invasores da base, que viriam por terra, na esperança de prendê-los.

O plano não foi executado. Sobrevoaram a base antes disso, de helicóptero, espantaram os caras. Uma equipe pousou na Aldeia Simpatia e subiu o rio. Foi resgatada antes de chegar na base. Outra pousou na base.

Nossos mateiros seguiram um rastro e entregaram o Sr. Joaquim Fadista, português que anteriormente foi preso aqui mesmo e deportado para o Peru, apesar se ser procurado por tráfico internacional de drogas, inclusive no Brasil. Voltou e foi preso de novo.

Satisfeita, a Polícia Federal abandonou a base, como se a missão estivesse toda realizada. Uma pequena equipe, Sr. Carlos Travassos, coordenador da CGIIRC/FUNAI, Artur Meirelles coordenador da Frente, Francisco de Assis (Chicão, mateiro), Francisco Alves de Castro ( Marreta, mateiro) e  José Carlos Meirelles ( Governo do Estado do Acre), por decisão unânime, resolveram vir para a base, que era de novo abandonada.

A Polícia Federal lacrou a base. No outro dia que chegamos estava tudo arrombado de novo. Os peruanos continuavam aqui. Vimos vestígios de menos de 15 minutos.

Veio de Rio Branco o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Acre. Foram feitas pequenas incursões. Encontramos acampamentos, mochila dos peruanos com pedaço de flecha dos isolados dentro. O Bope vai e vem a Força Nacional, sem ordem de se afastar a 500 metros da base.

Nestes dias de Força Nacional, sempre se escuta tiros em locais próximos à base, à noite, com características de arma de bala e não de cartucho.

Esta noite mesmo, foram ouvidos três disparos, de um lado e de outro do rio. A Força Nacional está esperando o Exército, que deveria aqui chegar no dia seguinte à invasão da Base, ocorrida há quase um mês.

E ninguém ainda se dispô a bater realmente estas matas e desvendar o que realmente estas pessoas, que continuam aqui, fazem e querem. Não temos acesso ao depoimento do português. Parece que é propriedade da Polícia Federal.

Há tempos, desde 2007, temos alertado sobre a exploração ilegal de madeira, do outro lado da fronteira, em reserva de isolados no Peru, a reserva Murunahua.

Agora, tudo leva crer que além de madeireiros, temos traficantes de drogas. E pelo andar da carruagem, como se diz aqui pelas matas, parece que estão botando roçados. Ou seja, não tem a mínima intenção de ir embora. Afinal, ninguém os perturba. Nós da Funai, do governo do Acre e os mateiros, que ganharam um presente da Funai: foram dispensados, mas estão aqui por opção. O risco é por nossa conta, somos pagos ou não pra isso.

Os índios isolados da região, verdadeiros donos desse pedaço de Amazônia, não tem nada com isso. E serão eles, com certeza, mais uma vez que pagarão o maior preço pela invasão de suas terras por um grupo  de traficantes e sabe-se lá mais que personagens.

Não dá mais pra esperar calado. Não vou mandar abraço pra ninguém. Meu coração está apertado. Quando sinto essa sensação, dificilmente erro.

José Carlos dos Reis Meirelles é sertanista
 
 
 
Fonte:altino.blogspot.com

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Em Rio Branco soldado do Exército sofre acidente em treinamento e morre

Família do soldado Alisson Rainey diz que vai acionar o comando do 4º Bis na Justiça para saber o que teria provocado a morte de Alisson.




      A morte do soldado Alisson Rainey Andrade da Silva, 19 anos, que prestava serviço ao 4º Bis (Batalhão de Infantaria e Selva), ainda é um mistério, familiares do jovem exigem uma explicação do Comando do 4º Bis e da Secretaria de Saúde do Estado.
A cerca de 15 dias, o soldado foi vítima de um acidente quando participava de um treinamento de combate a incêndios no Corpo de Bombeiros.
A vítima que morreu na tarde de domingo, 14, no Pronto Socorro de Rio Branco, teria sofrido um acidente quando a mangueira de alta pressão estourou e arremessou o soldado à cerca de 3 metros de distância.
Após esse acidente, o jovem passou a sentir dores de cabeça, no corpo, dificuldade de respirar e diarréia.
Ele teria sido atendido pelos médicos do Quartel, onde fez exames de sangue e urina e foi medicado.
Mesmo após a medicação, os sintomas permaneceram e o soldado foi levado na Unidade de Pronto Atendimento – UPA do 2º Distrito, lá recebeu nova medicação, em seguida foi levado para o Quartel do 4º Bis, onde seu quadro de saúde piorou e foi então encaminhado ao Pronto Socorro de Rio Branco, onde morreu no domingo, 14.
O laudo médico do Pronto Socorro apresentou como indeterminada a causa da morte do soldado, o que levantaram suspeitas dos familiares que alegam que o jovem não foi submetido a exames complementares e que na UPA o médico teria afirmado que o rapaz estaria acometido de uma pneumonia, porém segundo a família não teria sido realizado exame para constatar a doença.
Após a morte do soldado, os familiares buscaram explicações dos médicos e do Comando do 4º Bis, como não obtiveram uma resposta esclarecedora, a família constituiu advogado que ingressou com um pedido de exumação do corpo do soldado para exame cadavérico a fim de detectar a causa real da morte do jovem.
Soldado_2
“Nem os médicos do Quartel, UPA e Pronto Socorro realizaram exames complementares que detectassem do que realmente o rapaz estaria sofrendo. A única coisa que sabemos, é que os sintomas iniciaram após ele ter sofrido esse acidente, quando participava de um treinamento.
Queremos saber o que realmente aconteceu e principalmente o que ocasionou a morte” disse um parente da vítima.
Soldado_4
O comandante geral do 4º Bis, Coronel Danilo que esteve no velório do soldado confirmou a informação sobre o acidente durante o treinamento e afirmou que o Comando também deseja saber a causa real da morte do soldado.
“Após o acidente ele procurou o médico do Quartel onde se queixou de dores de cabeça, foi submetido a exames e medicado, em seguida seu quadro de saúde piorou e todas as providências foram tomadas pelo Quartel. Contou o Coronel Danilo.
“É bastante chocante que um jovem saudável tenha adquirido uma doença que o levou a morte, também queremos uma explicação” afirmou o comandante.


Fonte:www.tribunadojurua.com.br

Encerramento do Festival do Açai Foi com chave de ouro

Show com Alexandre Pires na segunda-feira (15) superou expectativas. Animados, feijoenses dançaram até a madrugada.



          Devido ao atraso de um vôo para Rio Branco em decorrência do mal tempo na tarde de domingo, o show com o cantor Alexandre Pires foi adiado para segunda-feira, último dia de Festival do Açaí em Feijó, que excepcionalmente nesta edição teve cinco noites.
Muitos visitantes que precisavam trabalhar retornaram a seus municípios durante o dia de segunda-feira, mesmo assim, milhares de pessoas a maioria de Feijó e Tarauacá, lotaram o Contorno Beira Rio para assistir ao show com o cantor, Alexandre Pires. O ídolo romântico que faz sucesso no Brasil e no exterior, era a atração mais esperada do festival. O cantor mineiro lamentou o atraso da companhia aérea no domingo, já que o vôo chegaria ao Acre antes do temporal se tivesse obedecendo ao horário previsto.
“Vocês sabem disso, não foi culpa nossa, nem do prefeito. Foi difícil chegar aqui, mas já fazia muito tempo que não era tão bem recebido numa cidade. Quero fazer hoje um dos melhores shows da minha vida”, disse o cantor ao se dirigir à multidão.
Entre sucessos mais recentes, músicas internacionais tocadas em toda América Latina e canções mais antigas do Grupo Só Pra Contrariar, Alexandre Pires levou o público ao delírio na noite de tempo agradável em Feijó. O show bastante diversificado com a participação de todos integrantes da banda e dançarinos, possibilitou ao artista a troca de figurino por várias vezes, de acordo com os ritmos apresentados, como a música a “Deus eu Peço”, vestido como um africano.
O artista corria no palco afirmando que estava carregado de energia e seria efeito do “melhor açaí do mundo, o açaí de Feijó, que tomei no hotel junto com os meus colegas da banda”, disse.
Durante a apresentação, o cantor chamou o prefeito Dindin Ferreira ao palco, e parabenizou a administração pelo evento que segundo ele, surpreende qualquer artista. “Quero dizer ao povo de Feijó que nossa administração é compromissada com a população e como havíamos prometido a presença desse artista internacional, aqui ele está. Agradeço a população do meu município e dos municípios vizinhos por corresponder as nossas expectativas e fazer desse evento o melhor do estado, não tenho dúvidas disso”, comentou o prefeito sob fortes aplausos.
Foram duas horas de shows com imagens capturadas por uma equipe de produção do cantor, para fazer parte de um DVD. Alexandre Pires ainda fez questão de juntar todos os integrantes da banda na frente do palco e saudar ao público em um ritual que durou mais de dois minutos.
Em especial, uma atitude do cantor ganhou aplausos do público e foi elogiada pelo prefeito da cidade. Um jovem que tentou invadir o palco foi rapidamente imobilizado por seguranças. Ao perceber, Alexandre Pires pediu que o rapaz fosse trazido ao palco e depois de cumprimentá-lo pediu que ele dançasse e ainda permitiu que o fã colocasse uma toca em sua cabeça.
Ao som de músicas eletrônicas e com muito movimento nas barracas de vendas, os feijoenses continuaram dançando até a madrugada da quinta e última noite de festival.
Nas noites anteriores já tinham se apresentado a cantora gospel, Rose Nascimento, Reginaldo Rossi e o Grupo Parangolé, além das atrações regionais.
Avaliação positiva
A economia de Feijó nunca esteve tão movimentada quanto nos últimos seis dias. As vendas em alguns setores do comércio chegaram a superar o volume de negócios na época do natal. A cidade recebeu milhares de visitantes de quase todos os municípios do Acre e pessoas de outros estados.
Hotéis, restaurantes, lojas, supermercados e principalmente os estandes e barracas montadas no local da festa registraram um alto volume de vendas. A proprietária de um dos maiores restaurantes do município, afirmou que o movimento aumentou em pelo menos 500% nos últimos dias. O quadro de atendentes teve que ser reforçado.
O prefeito Dindin Ferreira explica que, o município de Feijó recuperou sua autoestima nos últimos anos, principalmente pela identidade cultural que vem ganhando com realizações grandiosas da sua principal festa que é o Festival do Açaí.
“Estamos cada vez mais convencidos de que contratar atrações nacionais top, não é gasto e sim investimento. Se você for analisar o que o festival gerou de renda para o município, você ver que vale a pena. O número de visitantes que recebemos aqui é como se uma cidade inteira maior do que Feijó viesse comprar aqui dentro. Isso significa dizer que muitas pessoas sem renda vão se sentir mais valorizadas e capacitadas com o que conseguiram arrecadar durante a nossa festa”, explica.
A grandeza do Festival do Açaí tem atraído investimentos para a cidade. Este ano, os artistas e muitos visitantes já puderam se hospedar em um novo e grande hotel recém construído por um empresário do município que está apostando no crescimento de Feijó.
A expectativa é que para a próxima edição em 2012, novos empreendimentos já estejam construídos. “Feijó está em um ponto estratégico, fica na metade da viagem entre o Vale do Juruá e Rio Branco pela BR-364 é um local de parada obrigatória e a tendência é que a presença de visitantes aqui se torne constante”, explica Dindin Ferreira.
Festival de Praia
Paralelo ao Festival do Açaí estava acontecendo o Festival de Praia. O movimento de banhistas foi intenso na praia do Rio Envia em frente á cidade. Dezenas de bares e pequenos restaurantes foram confeccionados em madeira e palha ao longo da praia, onde passaram milhares de pessoas durante os dias de festival. Dezenas de empregos provisórios foram gerados. Artistas regionais se apresentaram todos os dias em UM palco montado no meio da praia.


Fonte:www.tribunadojurua.com.br

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Alexandre Pires não consegue chegar em Feijó e show fica para segunda

O show de Alexandre, que já foi pago pela Prefeitura de Feijó, será realizado nesta segunda-feira (15).
 
 

O show do cantor Alexandre Pires, programado para acontecer na noite deste domingo (14) em Feijó, foi cancelado. O avião em que o artista viajava teve problemas para chegar em Rio Branco, de onde ele embarcaria para a cidade feijoese, onde acontece o Festival do Açaí.

O colunista social Douglas Richer, que está no município fazendo a cobertura do evento, disse que o show de Alexandre Pires foi transferido para a noite desta segunda-feira (15), já que o prefeito Dindim Pinheiro cumpriu com todas as exigências do contrato assinado junto a assessoria do cantor.

De acordo com o colunista, Alexandre encontra-se em Rio Branco, hospedado em um hotel de nome não revelado por sua assessoria.

“O avião em que ele viajava não conseguiu pousar na capital acreana devido a uma forte chuva e teve que retornar para Porto Velho. Quando voltou, a Infraero não permitiu o vôo de um bimotor que traria o artista até Feijó porque já passava das 18hs”, explica Richer.

 
 
 
 

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

1º noite do Festival do Açai é marcado com show gospel

A primeira noite foi por muito avivamento, celebrado por vários pastores e fiéis por meio do encontro de várias igrejas e prestigiado por uma multidão de evangélicos.

 
 
 
Fonte:acrefeijo.blogspot.com

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

HOJE INICIA O XII FESTIVAL DO AÇAI

             Tudo pronto para o maior festival do estado do Acre, o Festival do Açai. Apartir de hoje quinta feira (11), na rua Contorno Beira Rio, diversas atrações e eventos de varias categorias como Motocros, paraquedismo, desfile da garota açai 2011, Festival de praia, comidas tipicas, o melhor açai do estado e quatro grandes atrações: Alexandre Pires, Rose Nascimento, Reginaldo Rossi e Parangolé. Estarão animando a festa outras bandas vindo de Rio Branco como também de Feijó. A prefeitura está aguardando uma médiade 50 mil turistas durante as quatro dias de festival.







Crédito das fotos: FeijoAcre.com




terça-feira, 9 de agosto de 2011

PF prende narcotraficante internacional em selva do Acre


        A Polícia Federal no Acre foi acionada em razão da suposta presença de grupo armado peruano e reportada invasão das instalações da Base Xinane da FUNAI, localizada a cerca de 20 Km da fronteira com o Peru, às margens do Rio Envira, em região de selva densa, onde vivem diferentes etnias de índios isolados.

        Foram mobilizados para a ação os grupos táticos da Polícia Federal COT e CAOP, além de Policiais Federais do ACRE e do Grupo de Pronta Intervenção da PF em Manaus, totalizando 26 homens. A Operação contou com o apoio logístico da Secretaria de Segurança do Estado e do Exército Brasileiro, que cederam um helicóptero cada, somando-se aos dois aviões e helicóptero próprios da Polícia Federal.
        Após a retomada do Posto da Funai, foram realizadas incursões na mata, que culminaram com a prisão de J. A. C. F., português, 60 anos, narcotraficante internacional, condenado por tráfico de drogas pela Justiça do Maranhão, Ceará, bem como no país Luxemburgo. As diligências prosseguiram, uma vez que as equipes policiais permaneceram na nominada base por aproximadamente uma semana, com o intuito de localizar possível carregamento de drogas e os comparsas do português, porém sem êxito até o presente momento. J. A. C. F. foi preso em flagrante delito pela prática dos crimes de Furto qualificado, Reingresso de Estrangeiro Expulso e Introdução Clandestina de Estrangeiro no Brasil e encaminhado.
        Com relação o possível cerco aos Servidores da Funai, neste último final de semana, a Policia Federal recebeu alguns e-mails do Servidor da Funai, relatando que no sábado as coisas estavam sob controle, tendo  no mais recente informado sobre a presença rastros de pessoas.
Diante dos fatos a Policia Federal está procedendo a análise da informações e adotando as providencias cabíveis.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - POLÍCIA FEDERAL - ACRE
Fonte:www.ac24horas.com

Video da Policia Federal em busca de Paramilitares peruanos

video

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Grupo paramilitar peruano cerca equipe da Funai na fronteira

Os peruanos rondam a base e deixam os funcionários em situação de extrema vulnerabilidade em caso de conflito armado.
Altino Machado
A equipe decidiu permanecer na Frente de Proteção Etnoambiental do Rio Envira/Foto: Blog da Amazônia
A equipe decidiu permanecer na Frente de Proteção Etnoambiental do Rio Envira/Foto: Blog da Amazônia

Funcionários da Funai (Fundação Nacional do Índio) permanecem cercados por um grupo paramilitar peruano que invadiu o território brasileiro, na fronteira do Acre com o Peru. Os peruanos estão armados com fuzis e metralhadoras.

Os quatro funcionários e o sertanista José Carlos dos Reis Meirelles, que trabalha para eles, foram levados em helicóptero durante operação da Polícia Federal nesta sexta-feira (5).

A equipe decidiu permanecer na Frente de Proteção Etnoambiental do Rio Envira, mantida pela Funai no igarapé Xinane, na tentativa de proteger os índios isolados da região.

Com base nos vestígios encontrados na floresta, a equipe da Funai estima a presença de pelo menos cinco homens em mais de um grupo paramilitar.

Os peruanos rondam a base e deixam os funcionários em situação de extrema vulnerabilidade em caso de conflito armado. A situação não depende mais da ação da Funai, pois se configura uma questão de segurança nacional.

- Estamos ainda com os peruanos próximos nos espreitando. Avistamos rastros de seis pessoas hoje cedo, atrás da base. Estamos apenas com uma espingarda velha e dois rifles calibre 22. Mas se tem o pessoal da PF aqui, a gente tinha pego os invasores hoje - relatou o chefe da Coordenação Geral de Índios Isolados e de Recente Contato (CGIIRC) da Funai, Carlos Travassos.

A equipe da Funai na Frente de Proteção Etnoambiental dispões de telefone e computador conectado à internet.

- O tempo nosso em frente ao computador está curto. Não é fácil ficar com um olho no monitor e outro nos peruanos. Eles estão ainda aqui. São mais de um grupo, de cinco ou seis pessoas. Estão nos monitorando e nós a eles. A galera que está aqui é toda mansa na mata. Mas a chapa está quente. Mande bala aí, como puder. Temos internet e telefone por aqui - relatou o sertanista José Carlos dos Reis Meirelles ao Blog da Amazônia.

A documentarista Maria Emília Coelho, que sobrevoou a região durante operação da  Polícia Federal na sexta, disse que os funcionários da Funai se queixam que a PF não permaneceu na base para garantir a proteção da fronteira.

Apelo
O sertanista José Carlos dos Reis Meirelles divulgou nesta tarde uma mensagem sobre a situação na área:

“A todos,

Vocês já sabem das notícias. Vão as últimas.

Desculpem por mandar pra todo mundo, mas o tempo pra ficar no notebook aqui tá curto. Um olho na tela e outro nos peruanos não dá.

Seguinte:

1 - Pela quantidade de vestígios aqui ao redor, temos certeza que os caras se dividiram em grupos de 5 ou 6 e estão fazendo uma verdadeira varredura aqui ao redor da base.

2 - Os isolados não andaram aqui não. As coisas que desapareceram daqui indicam que não foram eles.

3 - Cremos também que junto desses peruanos existam índios sim, contatados de lá.

4 - A gente conhece apito de índio remedando bicho. Parece que tem uma reunião de nambú azul aqui por perto.

5 - Se esses caras estão procurando alguma coisa, ainda não acharam.

6 - Todo mundo que está aqui ( nós cinco gatos pingados) é manso na mata, como eles.

7 - O nome de nosso dois mateiros: Francisco Alves da Silva Castro o  Marreta. Francisco de Assis Martins de Oliveira - O Chicão.

8 - O dia que a Funai descobrir que um homem como eles, valem por 20 indigenistas e 20 sertanistas, talvez resolva contratá-los, sem concurso público, pois são analfabetos, mas os maiores doutores da mata que conheço, talvez a segurança dos índios isolados possa ser melhor conduzida.

Permaneceremos aqui, dê o que dê, até que o Estado Brasileiro decida RESOLVER DE VEZ esse absurdo!!!! Não pra proteção nossa.

PARA PROTEÇÃO DOS ÍNDIOS!!!!!!

Quem não tiver atualizado, por favor procure sites e tal que já tá no mundo.

Quem puder reclamar, pressionar etc., será bem vindo. Os isolado agradecem.

Um grande abraço a todos da nossa equipe de ” irresponsáveis”, como estamos sendo chamados.

Pensem bem: Quem é o irresponsável mesmo.

Meirelles”

Tudo pronto para o XII Festival do Açaí no município de Feijó



Este ano teremos algumas novidades que a população irá gostar, a começar pela iluminação do local que vai ser muito bonita e colorida, dando um visual especial. Teremos também a presença de Rivasplata, o maior artista plástico do Acre expondo seus quadros.

Algumas grandes empresas nacionais também se farão presente, como Rommanel, Caixa Econômica, Fiat entre outras.

Nas barracas haverá esse ano a novidade da cachaçaria, e o restaurante será repleto de várias comidas saborosas, sob o comando da Ofélia de Rio Branco.
O camarote se destaca e será um local especial para assistir aos shows, que esse ano terá dois bares e banheiros exclusivos, a entrada será cobrada para que todos tenham o mesmo direito de participar.
A parte esportiva também está garantida, com torneios na praia, primeira etapa do Campeonato Feijoense de Motocross organizado pelos amantes do Motocross no total de 8 etapas que acontecerão posteriormente, e a novidade do pára-quedismo.

Todos os cantores estão confirmados e está tudo caminhando conforme o programado.
O evento contará com a participação de vários parceiros, como Ministério Público, Defensoria, SEBRAE e também será realizado pelo Judiciário o Projeto Cidadão paralelo ao XII Festival do Açaí.










Fotos: feijoacre.com
Texto: acrefeijo.blogspot.com