quinta-feira, 15 de março de 2012

Rodrigues Alves e Feijó perdem recursos por causa de inadimplência

Os municípios perdem R$ 550 mil. Os prefeitos Burica, de Rodrigues Alves e Dindin, de Feijó, não comentaram o assunto.



                                 A deputada federal, Perpétua Almeida (PCdoB) lamentou a perda de recursos expressivos que ela alocou junto ao Orçamento Geral da União (OGU), mas que não podem ser convertidos em melhorias ao setor produtivo e à agricultura familiar nas cidades de Feijó e Rodrigues Alves. As prefeituras ainda aparecem nos sistemas mantidos pela Secretaria de Tesouro Nacional como impossibilitadas de receber recursos federais devido à inadimplência.
                                 As emendas que a deputada destinou ainda em 2009, devidamente empenhadas para a aquisição de máquinas e equipamentos agrícolas aos dois municípios, no valor total de R$ 550 mil, serão canceladas e os valores sequer sairão dos cofres da União.
                                 A destinação dos recursos, esclarece a deputada, atendeu a uma necessidade das associações rurais e das famílias que sobrevivem exclusivamente do que plantam em seus roçados. No caso de Feijó, os recursos, totalizando R$ 300 mil, foram alocados junto à Suframa para a compra de trator agrícola de pneu, barco em madeira de lei, batedeira de cereais e 65 kits de equipamentos para casa de farinha.



Fonte:www.vozdoacre.com
Assem Neto, de Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário